Parceiros
G. a S.
Olá Convidado! Voce gostou do forum Escola de Magia e Bruxaria? Gostaria de fazer parte dessa equipe e tornar Parceiro nosso? Então faça o seguinte. Mande uma mensagem ao nosso Tópico de Parcerias e espere um de nossos representantes para atende-lo, OU, Mande uma MP para o Administrador MasterThe Magic pedindo "parceria" junto com seu banner e o link de seu site. Estaremos no aguardo, caso queira adiantar, copie nosso Banner que fica logo abaixo. Obrigado e tenha otimo RPG!

- NOSSO BANNER-

Biblioteca

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Biblioteca

Mensagem por The Prophecy em Seg Jul 28, 2014 12:13 am

Há vários livros de tamanhos cores e formatos diferente.Existem livros proibidos para alunos que estão em anos primários para isso serve a sessão reservada .
Tem livros nessa biblioteca que tem dentes...Cuidem-se.
avatar
The Prophecy
Administrador
Administrador

Mensagens : 167
Data de inscrição : 27/07/2014

Ficha Bruxa
Varinha:: Varinha das Varinhas
Ano Escolar::
Itens::

Ver perfil do usuário http://harrypotteronlinerpg.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Biblioteca

Mensagem por Joseph Gryffindor em Seg Ago 04, 2014 12:01 am

Gryffindor, the best house

Hogwarts, Hogwarts, Ó querida Hogwarts, venha nos ensinar...

Joseph Gryffindor - Chefe dos Aurores - Leão
Sim, alguns bruxos ainda são considerado como os maiores e dentre os três apenas um eu concordo, Alvo Dumbledore. Agora eu me pergunto: Por que diabos Voldemort e Harry Potter são considerados tanto? Creio que a minha fama seja maior que a dos dois, eu que sou o herdeiro do tão poderoso Godric Gryffindor, melhor entre os quatro fundadores de Hogwarts e também considerado o maior entre os quatro herdeiros. Sim, eu não tenho dúvida, sou melhor que os dois que citara, mas Alvo Dumbledore é maior, sempre considerarei isso só pelo fato de portar a Varinha das Varinhas e também de sua grande sabedoria e conhecimento.

Caminhei um pouco até por fim chegar ao Ministério da Magia, tinha acabado de entregar dois saqueadores ao nível dois do Ministério no Departamento de Execução das Leis da Magia e vi com que fosse decretado o mando dos dois saqueadores à Azkaban. Apenas sorri e dei as costas para quem estava na sala e desaparatei dali, não tinha muito o que fazer, estava de mal humor, há pouco eu tinha descoberto que o pequeno Slytherin tinha feito missões secretas e perigosas para o Ministério enquanto eu me vangloriava das missões de grande mídia que eu tinha de realizar, eram difíceis, mas não incluíam Aurores renegados, Comensais revoltados e nem muito menos tentar achar vestígios de um novo Lord das Trevas e foi quando eu percebi que poderia ter ressurgido um tal, poderia novamente ter voltado um Lord, um que faz com que todos os bruxos sintam medo e é por isso que desaparato rapidamente dali e apareço novamente em Azkaban com um frasco de Veritasserum que tinha guardado para interrogar um funcionário do Ministério. Vou até uma cela de um prisioneiro muito, mas muito leal às trevas e o forço a bebê-la.
"Um Lord mais perigoso retornara, não se sabe muito sobre ele, mas tudo que sabemos é que vocês não terão chances, pode reunir o exército que a guerra irá começar". Ele fala e aparato para Londres, era a hora de uma reunião com meus antigos companheiros.

Hogwarts? Se me perguntassem o que era Hogwarts eu simplesmente responderia: Hogwarts é o que existe de melhor, é algo em que se pode confiar e foi, durante sete anos, o que eu mais confiei e gostei.
Após alguns anos longe de Hogwarts, estava voltando para uma pequena visita em minha velha escola, o motivo? Bem, terei uma reunião com meus antigos companheiros de "nome", os outros primordiais. Estava em meio a Londres, na Inglaterra e tinha de ir a Hogwarts que é na escócia, suspirei um pouco e olho ao redor: os trouxas já estavam em suas casas, o relógio mostrava que eram meia-noite e meia, ou seja, horário de dormirem e eu posso aproveitar isso para ir rapidamente à Hogwarts. Concentrei a mente em Hogsmeade, próximo a Hogwarts já que é meu destino, depois, foquei me determinar próximo ao Três Vassouras e por fim, girei meu corpo deixando penetrar e deliberando com firmeza e ao abrir os olhos já estava em Hosmeade.

Sorri com isso, era muito bom aparatar e desaparatar e tudo que tinha de fazer era só os três Ds, destinação, determinação e deliberação, aprendi tudo isso no sexto e sétimo ano, foi simples passar já que eu era tão superestimado por todos do Ministério, e ainda sou. Continuei minha trajetória até Hogwarts caminhando em direção ao castelo e percebo que se não fossem os Testrálios os alunos iriam ter de caminhar muito mesmo e cansariam rapidamente. Após uns quinze minutos eu finalmente chego no portão de Hogwarts, pego minha varinha que supostamente tinha o núcleo fibra de coração de dragão e com a madeira Pereira que juntas, formam uma varinha extremamente poderosa. Após alguns movimentos com a varinha conjurando alguns feitiços que são não-verbais, um movimento na tranca do enorme portão e eu o abri com um feitiço que fez com que as portas se escancarassem. Adentro no local.

Só restava agora encontrar um lugar para começar a reunião, eu não fazia ideia de onde fazê-la e enquanto caminhava pelo antigo e adorado Castelo foi que passei por um local que tinha cheiro de livros, muitos livros, um cheiro muito antigo e bom também cujo costumava sentir durante as longas tardes livres que eu tinha antes de ir para outra aula. Adentrei no lugar e vi que o local estava vazio e foi aí que pensei: É, parece que aqui é um bom local para se ter uma reunião com os outros. Fui então até uma mesa central que parecia maior que as outras, peguei a varinha e murmurei baixo "expecto patrono" e um enorme leão surgira, era maior que um leão comum e parecia mais feroz e perigoso. Assenti com a cabeça para o leão e o mesmo retribuiu também com uma outra assentimento quando por fim, desaparecera.

Fiz com que o leão fosse a quatro cantos diferentes para trazer os outros três primordiais, Dumbledore não se encontrava no colégio e por isso não poderia chamá-lo e mesmo assim só precisava de apenas eles três, tinha algo realmente sério que eu tinha de falar para eles, algo mais perigoso do que a própria época de Harry Potter, quando Tom Servolo Riddle voltara, conhecido como Voldemort. Suspirei e fiz com que uma poltrona muito mais fofa que as cadeiras que lá tinha, sentei nela e relaxei à espera de meus companheiros.

thanks weird for


Última edição por Joseph Gryffindor em Seg Ago 04, 2014 2:26 am, editado 1 vez(es)
avatar
Joseph Gryffindor
Aurores
Aurores

Mensagens : 1
Data de inscrição : 03/08/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Biblioteca

Mensagem por August Slytherin em Seg Ago 04, 2014 1:28 am

 A Morte é o Último Obstáculo da Vida.


“O vulto negro parou ofegante no que parecia uma vila de bruxos mal encarados de plantão. Dois corredores de pessoas o cercavam e encaravam. O braço do jovem sangrava e sua face demonstrava a dor do corte. Dois bruxos atacaram, eles estavam muito próximos de atingi-lo com seus feitiços, um pelas costas e outro prestes a se chocar contra o rosto aparentemente assustado. Ninguém naquele lugar estranho compreenderia em suas vidas, mas o estranho parecia estar sem sua varinha e da mesma forma, assistiram os feitiços se cruzarem no ar e cada um atingir o lançador do outro, que caíram imóveis no chão.”
Como diabos, eu me perguntava, Harry Potter é considerado o maior dos aurores? Isso me deixava levemente indignado enquanto eu caminhava pelas ruas de Londres, voltando de Azkaban e indo para o Ministério da Magia, sem um objetivo preparado. A rua estava vazia naquela madrugada fria e por isso me permiti arregaçar a manga esquerda da veste negra que cobria de meu pescoço aos joelhos. Revelava-se ali um ferimento grande, dele sangue algum escorria, pois eu o tratara com algumas poções simples, mas a dor e a agonia não o deixavam. Balancei a cabeça negativamente. Passaram-se meses de missões fracassadas a fim de descobrir a movimentação estranha que pelo mundo bruxo ocorre.
“Ele voltou, e bem pior” era o máximo que conseguia tirar dos mais podres Comensais. Um Voldemort melhorado? Seria o suficiente para tudo que eu sentia estar prestes a acontecer? Tudo que eu conseguia pensar era em descansar. Enfiei as mãos nos bolsos já com a manga do sobretudo arrumada. Estava a alguns metros do meu destino quando um Leão me interrompeu, era óbvio de quem era pelo tamanho e olhar do animal. Sequer me movi, era o Patrono Corpóreo de Joseph Gryffindor, o “líder” dos Aurores. Pode-se dizer que é meu chefe, mas metade das missões que faço nem ele sabe que existe. Era uma tristeza, mas eu preferia mesmo agir por trás. Quase todas as informações dadas a ele nas mais gloriosas missões foram dadas por mim. Qual o lado bom disso? As pessoas o amam e sequer me conhecem. Sou grato a ele por isso.
- Slytherin, estou na biblioteca de Hogwarts e preciso de você para uma reunião aqui. – O Leão se virou e saiu correndo por de onde veio. Claramente não era para Hogwarts. Ele convocaria mais pessoas. Quem? Não sei também, mas mudei os planos. Ergui um pouco o pé e abaixei a mão, pegando ali minha varinha, presa à bota. Eu poderia fazer aquilo em menos de um segundo, mas não havia pressa. Meus olhos se fecharam por dez segundos e quando se abriram viram os grandes e metálicos portões de Hogwarts. Dele para dentro era impossível aparatar. Atravessei os portões após abri-los com um feitiço. Eles se fecharam sozinhos às minhas costas.
- Eis-me aqui, Gryffindor. – Digo encarando-o nos olhos.  Por alguns instantes. Ele não parecia sentir medo, mas estava nervoso. Concluí que era importante a razão pela qual a reunião fora criada. Apenas ele e eu estávamos ali, sentei em um banco próximo a ele, apoiando os cotovelos nas coxas e fitando o chão de maneira pensativa. Eram informações demais, porém todas incompletas. Seria mais uma destas que eu receberia? Tudo dependeria de quem chegasse a seguir. Mais aurores significariam uma missão importante, Professores poderiam significar algo de errado na escola. Alguém do Ministério poderia simbolizar uma crise a atingir o mundo. Minha mania de conversar com minha própria mente estava quase me levando à uma implosão. Decidi que perguntar para o grifino era a melhor maneira, apesar de tudo.  – Quem mais foi convocado?

The Real Life.

▲BY LOONY!


_________________
August Slytherin

Slytherin – Auror – 21 anos – Mestre de Poções

credits @
avatar
August Slytherin
Aurores
Aurores

Mensagens : 7
Data de inscrição : 27/07/2014
Localização : Londres

Ficha Bruxa
Varinha:: Bordo e pena de fênix
Ano Escolar::
Itens::

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Biblioteca

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum